BR.Syvum Página Inicial

Home > Matéria > Astronomia > Print Preview

Astronomia : Planetas - Fatos I

 
apid   Teoria que você precisa saber! 
eview  

Nine Planets

Os nove planetas no nosso sistema solar podem ser classificados em dois grupos:

  • Mercúrio, Vênus, Terra e Marte são os Planetas Internos. Eles são corpos relativamente pequenos, densos e rochosos, próximos ao Sol. Eles também são chamados de planetas terrestres (parecidos com a Terra).
  • Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão são os Planetas Externos. Eles são corpos gasosos ou congelados distantes do Sol. Os planetas gigantes (Júpiter, Saturno, Urano e Netuno) são também conhecidos como planetas Jovianos (parecidos com Júpiter) porque todos os quatro planetas são feitos de gases e rodeados por anéis. Plutão é o único planeta externo feito de material sólido.

Asteróides são pequenos objetos similares a planetas presentes ao redor do Sol principalmente entre as órbitas de Marte e Júpiter. Assim, o cinturão de asteróides separam os planetas internos e externos.

Todos os planetas, com exceção de Vênus e Urano, giram do oeste para o leste em seus eixos. Em outras palavras, Vênus e Urano giram no sentido horário (rotação retrógrada), enquanto os demais planetas giram no sentido anti-horário (rotação progressiva).

Mercúrio possui uma superfície com o maior número de crateras, lembrando altamente a Lua em aparência e tamanho.

Vênus é conhecido como "gêmeo da Terra" ou "irmã da Terra" porque é semelhante à Terra em tamanho e massa. Vênus é o planeta mais próximo da Terra. Em alguns momentos, Vênus fica posicionado a aproximadamente 25 milhões de milhas (40 milhões de km) distante da Terra.

A Terra é conhecida como o "planeta água" ou "planeta azul". É o maior dos planetas internos.

Marte, conhecido como o Planeta Vermelho, fica situado a uma distância de aproximadamente 34 milhões de milhas (55 milhões de km). É o planeta mais provável a sustentar vida, além da Terra. Aparentemente possui as condições necessárias que podem possibilitar vida no planeta; contudo, observações recentes de sondas espaciais não verificaram nenhuma forma de vida em Marte. Marte foi o destino da missão Pathfinder em 1997. Calotas polares brancas, cujo tamanho varia de acordo com as estações do ano, são visíveis em Marte através de telescópios. A superfície de Marte apresenta montanhas altas, vulcões enormes, crateras profundas e amplos canyons. Olympus Mons (Montanha Olímpica) é a montanha mais alta em Marte bem como a mais alta montanha e vulcão no sistema solar inteiro. Olympus Mons (com aproximadamente 16 milhas ou 26 km de altura) é cerca de 3 vezes mais alto que o Mt. Everest.

Júpiter é o 'Rei dos Planetas'. O planeta recebe o nome do rei dos deuses romanos porque é o maior dos planetas em massa e tamanho. A Grande Mancha Vermelha de Júpiter, com o tamanho equivalente a circunferência de duas Terras, é o maior furacão no sistema solar.

Saturno é o segundo maior planeta, depois de Júpiter. Os espetaculares anéis de Saturno consistem de rochas cobertas de gelo e partículas de poeira. Saturno e Titan (o qual é uma lua de Saturno) foram o destino da missão Cassini-Huygens. Depois de viajar por aproximadamente 2.2 bilhões de milhas (3.55 bilhões de km) durante 7 anos, Cassini voou perto de Titan com sucesso em Março-Abril de 2005.

Urano apresenta a cor verde devido a presença de gás metano em sua atmosfera (o qual absorve a cor avermelhada da luz do sol). Urano (e Vênus) giram no sentido horário, enquanto o restante dos planetas giram no sentido anti-horário.

Netuno é o último dos planetas gigantes. É bastante semelhante a Urano (embora ligeiramente menos e mais frio que Urano) e é considerado como sendo seu gêmeo. Pensa-se que Netuno apresenta tempestades devido as manchas negras em seu hemisfério sul reveladas pelo telescópio espacial Hubble em 1994. Seus ventos atingem a velocidade de aproximadamente 1250 milhas por hora (2000 km/h).

Plutão apresenta uma órbita incomum, a qual é bastante inclinada ao ângulo de (17o) em comparação com as órbitas dos outros planetas. Até 2006 Plutão era considerado como um planeta principal. Porém com a descoberta de outros corpos celestes, ele passou a ser considerado como um planeta anão em agosto de 2006. Sua órbita é excepcionalmente oval, permitindo que Plutão chegue mais próximo ao Sol do que Netuno em determinados momentos.


TESTES SOBRE A TEORIA ACIMA
 

 
11 more pages in Astronomia

 

Fale consosco © 1999-2017, Syvum Technologies Inc. Politíca de Privacidade Aviso legal e direitos autorais